FANDOM


Saradomin
Saradomin
O deus da ordem e do conhecimento.
O deus da ordem, trancado em uma batalha com seu inimigo, Zamorak. (Durante o Evento mundial Batalha por Lumbridge)
Gênero Masculino
Ideais Ordem, conhecimento e iluminação
Lançamento Sem informação
Nível 3 (Após a Batalha de Lumbridge)
De Missão? Não
Cores Azul, amarelo, branco
Adjetivo Saradominista
Símbolo Símbolo de Saradomin
Saradomin cabeça

Saradomin (chamado por Sara pelos jogadores, como abreviação), é o deus da ordem, da sabedoria e da luz e é um dos deuses mais populares de RuneScape. Embora muitos acreditem que ele seja o deus do "bem", isto não é necessariamente correto, já que ele é o deus da ordem, na verdade, e suas ações, por vezes, podem ser consideradas tanto boas quanto más, a depender do ponto de vista do jogador, mesmo assim ele alega defender o bem, aparentemente por motivos muito profundos que o fazem acreditar que o que ele prega seja o bem para o mundo. Na O Despertar do Mundo, quando é revelado que Saradomin, indiretamente, causou a guerra que levou a extinção dos Naragi, a raça de Guthix, sendo também culpados por tal os deuses Tuska e Skargaroth. Saradomin afirma ter criado e modelado Guilenor, o que pode causar grande confusão entre os jogadores, já que foi provado que o mundo, fisicamente, foi modelado por Guthix, e foi também este que trouxe os humanos pelo portal da vida, mas como ele mesmo afirma, ele não criou o mundo fisicamente, mas sim, ele se refere quanto a moralidade das pessoas atuais, moralidade esta enraizada pelo saradominismo. O símbolo de Saradomin é uma estrela de 4 pontas de ângulo exato, sendo o símbolo das Orações Comuns.

História

Antes de Guilenor

É desconhecida a real procedência de Saradomin, mas sabe-se que ele usa uma coroa que é um dos artefatos anciãos criados pelas Deusas anciãs, e provavelmente ele tenha usado-a para ascender a divindade, no entanto isto não significa que sem esta ele seja mortal.

Saradomin, então em uma dimensão desconhecida, foi para a dimensão dos Naragi, onde Guthix e Aagi (sua filha) viviam pacificamente. Na dimensão, Saradomin tinha o tamanho de uma montanha, chamado de "O Gigante Azul". Ele queria que os Naragis o seguissem, mas não obteve sucesso. Então Saradomin devastou a principal cidade do reino, Askroth, o que dizimou muitos Naragi, incluindo familiares de Guthix, que mantinha muito medo dele.

Logo após estes acontecimentos, uma besta divina inconsciente, Tuska, chegou à dimensão e Saradomin passou a batalhar com ela. Irritado pela perturbação de Tuska, ele deixou a dimensão e vagou por 4.000 anos em locais desconhecidos até chegar em Guilenor.

Em Guilenor

Arte Conceitual da face de Saradomin

Arte Conceitual da face de Saradomin, exibindo um olhar rígido.

Saradomin chegou à dimensão onde se passa RuneScape a partir de um portal na ilha de Entrana, considerado o local Saradominista mais sagrado de todo o mundo (tanto que não é possível levar armas até lá). É possível que, usando o poder da coroa, ele queria descobrir onde estavam outros artefatos divinos, como a Pedra de Jas e o Cajado de Armadyl.

Saradomin passou a conquistar territórios e a cidade do Vale Sagrado, na Moritânia, foi fundada, onde Icyene e seres humanos habitavam pacificamente. Saradomin também conquistou vários outros territórios, como por exemplo em Asgarnia. Provavelmente ele teve uma amizade e aliança com Armadyl, e também um desprezo e rivalidade para com Zaros. Atualmente os territórios com crença em Saradomin são os maiores do RuneScape, abrangendo todo o reino de Misthalin e Asgarnia, todo esse território pertencia a Zaros antes deste ser traído e suas terras reivindicadas por Saradomin, enquanto ele tentava eliminar Zaros da história do RuneScape.

A Guerra dos Deuses

No final da segunda era, Zamorak, um Mahjarrat fiel a Zaros, fez planos para trair seu mestre. Saradomin manteve-se atento à movimentação. Um dos batedores enviados por Saradomin, Valdez, descobriu o Cajado de Armadyl e foi levá-lo ao deus, mas uma série de eventos fez com que o cajado caísse nas mãos de Zamorak, que assim baniu Zaros de Guilenor após uma árdua batalha. Assim Zamorak ganhou sua divindade.

Saradomin e os outros deuses baniram Zamorak de Guilenor. Os Saradoministas e Zamorakianos se esforçaram em destruir todo e qualquer vestígio do que outrora fora o Império Zarosiano, e tiveram grande êxito. No entanto, Zamorak retornou agora como um deus e, junto com seus seguidores, se voltou contra Saradomin, Armadyl, Bandos e outros deuses. A Guerra dos Deuses fora iniciada.

Os exércitos batalharam várias vezes, como na Terra Selvagem, por exemplo, onde estava o coração do antigo Império de Zaros. Saradomin rapidamente ganhou uma grande rivalidade com Zamorak, e os dois tornaram-se arqui-inimigos, um representando a ordem e o outro o caos. Muitos Icyene participaram da guerra, e talvez este tenha sido um dos principais motivos para sua extinção.

Algum tempo depois, a Moritânia sucumbiu a Zamorak, que enviou Lorde Drakan tomar o local e transformá-lo no sombrio e mortal lugar que hoje é. As guerras chegaram a uma proporção na qual Guilenor poderia ser destruída. Saradomin, Armadyl e Bandos se aliaram e os Aviantese criaram a Espada Divina, a espada que poderia matar um deus.

Um exército dessas aves foi encarregada a dar a espada para o exército Saradominista, mas as tropas foram emboscadas pelos Zamorakianos. Os Aviantese recuaram e a batalha formou o que hoje é conhecido como Masmorra de Guerra dos Deuses. Nesse tempo Sliske fez com que um ritual despertasse Nex. O monstro incontrolável era poderoso demais e altamente destrutivo, de forma que os deuses se aliaram temporariamente para prenderem Nex em uma prisão só acessada a partir de uma porta congelada.

Algum tempo depois Zamorak conseguiu de alguma forma a Pedra de Jas, e com isso destruiu toda a antiga Forinthy, fazendo-a se transformar na Terra Selvagem. Guthix, então, acordou e criou os Editais dos Deuses, proibindo-os de andarem livremente sobre Guilenor, embora permitindo-os usarem seus seguidores para conseguirem seus objetivos.

Sexta Era

Ao final da missão O Despertar do Mundo, Saradomin surge como o primeiro deus a voltar para Guilenor após o término dos Éditos dos Deuses, já que Guthix agora está morto. Saradomin fica surpreso com o poder que Guthix concedeu ao jogador e teleporta Zilyana e Nex de volta á Masmorra da Guerra dos Deuses, para conversar á sós com o jogador. 

Batalha de Lumbridge

Saradomin acabou por tentar impedir que Zamorak tomasse o poder emanado ao Oeste de Lumbridge no ano 1 da Sexta Era, criando assim a Batalha de Lumbridge, onde os jogadores puderam apoiar Saradomin, Zamorak ou os Descrentes.

Ele acaba por vencer a Batalha, adquirindo poder divino remanescente do anima-mundi, elevando seu poder.

O Fim do Cavalheirismo

Durante a missão do'O Fim do Cavalheirismo, Saradomin atribui a tarefa tanto para Sir Owen quanto para o jogador de investigar e encontrar uma arma muito poderosa na posse dos Cavaleiros Negros.

Durante a missão, Saradomin mostra-se capaz de dividir sua personalidade, reveleando ter poderes onipresentes (estando no Monastério de Fronteiriça e na Batalha de Lumbridge ao mesmo tempo).

Na missão, Saradomin também se revela incapaz de utilizar a Varinha da Ressurreição com eficácia, se revelando impuro para tal ato. Ele também se torna agressivo quando o jogador escolhe não lhe dar a arma.

Características

Saradomin normal

Saradomin visto num flashback da missão O Ritual do Mahjarrat.

Não se sabe muito sobre seu passado, mas ele possui um vasto número de seguidores, e há muito mais igrejas dedicadas a Saradomin do que Zamorak. A maioria de seus seguidores vive nos reinos humanos de Misthalin, Asgarnia, Kandarin e na sagrada ilha de Entrana, mas há muitos outros grupos além dessas áreas. Ao contrário de Zamorak e Guthix, os outros dois principais deuses de Guilenor, seus seguidores consistem quase que exclusivamente de humanos. O símbolo de Saradomin é uma estrela de quatro pontas que é normalmente pintada de prata ou dourado.

Entretanto, vale salientar que, ao contrário do que muitos pensam, ser o deus da "Ordem" não significa necessariamente o mesmo que ser o deus do "Bem", visto como seus seguidores usariam de artifícios malignos e até do assassinato como uma ferramenta para manter a Ordem, ou seja, pelo "bem maior". Embora algumas das guerras instigadas por Saradomin podem ser descritas como tendo uma causa justa, a Igreja Saradominista é um tanto corrupta, causando suspeita e dúvida nos ensinamentos e crenças de Saradomin, ou, ao menos, das interpretações que seus seguidores fazem delas. Mas parece que Saradomin supostamente arrependeu de seus atos, isso é indicado na missão O Fim Do Cavalheirismo, dito ele mesmo que o seu "passado o persegue".

Dentro do site do RuneScape pode ser observada pela parte de Saradomin uma natureza arrogante e indefinida, contrastando com os ideais que prega em seus ensinamentos. Há momentos, por exemplo, em que ele afirma ter feito o mundo, enquanto há provas que não teria sido ele quem criou o mundo e sim, os Deuses Anciões, mesmo mundo que foi "remodelado" e habitado por Guthix. Ele também afirma que no fim das Guerras Divinas, suas forças estavam próximas de vencer de vez as forças de Zamorak, mas então ele teve misericórdia dos inimigos e propôs a paz, quando se sabe que na verdade as guerras estavam  a destruir o mundo quando Guthix a interrompeu e baniu os deuses de interferirem diretamente no mundo.

Saradomin foi banido de Guilenor pelos Éditos de Guthix, mas ainda pôde agir por meio de seus seguidores.

Eis alguns dizeres de Saradomin:
O Mal deve ser destruído em todas as suas formas, não ignorado de forma a permitir que se espalhe. Se Guthix fizesse da maneira dele, ele permitiria que os malignos Zamorakianos reinassem livremente dentro de minhas terras, espalhando suas forças como uma doença até que eles se incrustassem tão profundamente, que o simples ato de removê-los destruiria o mundo.

Eu jamais permitirei que tamanha abominação ocorra nestas terras, pois eu não posso viver sofrendo com todo esse mal. Apenas através da purificação nós podemos limpar este mundo de todo o mal, e viver na utopia que minha ordem oferece, no entanto, Guthix tolamente não consegue ver que o meu caminho é o único caminho verdadeiro pelo qual esse mundo poderá florescer!
Saradomin

Curiosidades

  • Desde seu lançamento como um NPC, Saradomin parece ter sido remodelado pela Jagex. Anteriormente, sua pele era da cor de um humano normal e ele ostentava uma armadura dourada. Agora, Saradomin tem mudanças em sua armadura, que tem um tom mais claro, e sua pele é azul. Além disso, sua barba está maior. Não se sabe o motivo da mudança, talvez Saradomin apenas quisesse mudar de forma.
  • Existes muitos termos da religião de Saradomin, nos quais são comparados com o Cristianismo.


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.