Fandom

RuneScape Wiki

O Arco

3 694 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar
Você pode encontrar esta página em ingês na RuneScape Wiki inglesa Este artigo possui uma página completa em inglês
Você pode encontrá-la aqui


O ArcoP2P ícone.png
O Arco.jpg
Inglês The Arc
Lançamento 25 de julho de 2016 (notícia)
Reino Ilhas Wushanko
Bancos 3
Altares Nenhum
Obeliscos Nenhum
Teleporte Nenhum
Guildas Nenhuma
Habitantes[?] Humanos, Sirenas, Ciclopes, Gnomos
O Arco mapa.png

O Arco é uma das regiões das Ilhas Wushanko, oeste da Caveira no arquipélago, é também visitada no Projeto de Obra Portuária. A primeira metade do Arco foi lançada dia 25 de julho de 2016 e a segunda parte saiu dia 10 de outubro de 2016.

Completar o Diário do Arco e comprar todas as recompensas da loja da Boni desbloqueia os títulos [Nome] o Salgado / a Salgada e exibe a mensagem: Anúncio mundial.pngÚltimas notícias: Por explorar tudo que O Arco tem a oferecer, [Jogador] recebeu o título "Salgado/Salgada"!

Chegando LáEditar

O jogador deve ter completado a Missão.png missão Impressionando os Habitantes Locais para acessar o Arco. Então você pode acessar a primeira ilha, Waiko, falando com o Mestre de Provisões Gully, que pode ser encontrado próximo da taverna em Porto Sarim.

depois da primeira vez, todas as ilhas podem ser visitadas a partir de qualquer ilha (ou de Porto Sarim).

A maneira mais rápida de chegar ao navio é usando o Diário do Arco para teleportar para Porto Sarim. Outras opções, mais lentas, são teleportar usando o Diário do Capitão para o projeto de obra portuária e saindo do portal, teleportar para a magnetita de Porto Sarim, ou usando o anel do explorador 3 para o canteiro de repolhos.

IlhasEditar

Waiko, Aminishi e Boca da Baleia foram adicionados no lançamento origianl do Arco. Tuai Leit, Goshima, Ciclose (para os jogadores que têm acesso a ela no seu projeto de obra portuária) e As Ilhas que eram Tartaguras na segunda parte.

WaikoEditar

Waiko.png

O distrito de trocas do Arco

Artigo principal: Waiko

Waiko é a porta de entrada do Arco, e serve como mercado principal. Aqui, todos os recursos coletados no Arco podem ser vendidos por Sinos, e suprimentos e melhorias podem ser comprados com eles para explorar mais facilmente o Arco. Sobojo entrega contratos nessa ilha.

Waiko tem primariamente nodos de bambu, mas também tem áreas de pesca (pesca com moscas) e os jogdores podem roubar dos habitantes de Waiko.

Boca da BaleiaEditar

Boca da Baleia.png

O distrito de pesca do Arco

Artigo principal: Boca da Baleia

Boca da Baleia é uma ilha a nordeste de Waiko. Tem uma população muito pequena e é, antes de tudo, um centro de pesca. A parte mais oeste da ilha tem uma população de tortarugas. Hubbub o Baleeiro entrega contratos de pesca nessa ilha.

Os lugares de pesca da ilha podem ser pescados com redes. As tortaguras podem ser capturadas por experiência em {{{2}}} Caça.

AminishiEditar

Aminishi.png

Aminishi

Artigo principal: Aminishi

Aminishi possui o Templo de Seiryu, que tem uma ordem de monges própria. Os monges acreditam em reencarnação constante para ascensão, então eles podem ser combatidos em diversas formas ao longo da subida pela ilha: primeiro estão os humanos (Sotapanna), depois os elementais (Sakadagami), e, finalmente, os dragões espirituais (Anagami). Ling, a Assassina, entrega contratos de {{{2}}} Extermínio nessa ilha.

Os Sakadagami e os Anagami podem dropar talismãs espirituais, que podem ser usadas na fonte no meio da ilha para acessar o plano espiritual durante e após a minimissão Iluminação Espiritual. No plano espiritual a forma final dos monges pode ser encontrada em todos os níveis da montanha, os Arhats. São a forma mais poderosa dos monges e podem largar a Garra de Seiryu, metade da laça mizuyari.

Tuai LeitEditar

Tuai Leit.png

Goshima

Artigo principal: Tuai Leit

Tuai Leit é o centro de estudos das ilhas orientais. Nela, os jogadores podem treinar {{{2}}} Agricultura coletando Refrescamoras e podem cruzar sementes para obter novas espécies de frutinhas. Jogadores podem também receber uma recompensa por coletar todos os espíritos Kami do Sensei Lobo-do-mar. Vender bambu nessa ilha provém mais sinos que em Waiko.

GoshimaEditar

Goshima.png

Goshima

Artigo principal: Goshima

Goshima é a mais distantes das ilhas do Arco. A cidade inacessível de Gondung está aqui. Na ilha, jogadores podem coletar energia negativa e cogumelos de aglomerados de cogumelos. Entretetando, jogadores devem evitar a Entidade maligna, que podem causar danos e drenar oração enquanto você treina. Durante os eventos de Destino Final a entidade deixa a ilha.

As Ilhas que Eram TartarugasEditar

As Ilhas que Eram Tartarugas.png

Forte das Ilhas que Eram Tartarugas

As Ilhas que Eram Tartarugas são as três ilhas menos habitadas do Arco, ficam próximas de Aminishi. As lendas dizem que elas eram tartarugas gigantes que foram transformadas em pedra. Jogadores podem viajar por elas usando o sistema de portais de tortaruga. Nessas ilhas o jogador pode encontrar aglomerados de cogumelos para treinar {{{2}}} Agricultura, assim como Moais mortos que evocam ambas energias positivas e negativas. Halia pode ser encontrada aqui também, e os jogadores podem vender energia divina coletada no Arco para ela.

CicloseEditar

Ciclose.png

Ciclose

Artigo principal: Ciclose

Ciclose é a terra natal dos Ciclopes orientais. Jogadores podem coletar energia positiva aqui, roubar de ciclopes e vender vários itens para negociantes.

No projeto de obra portuária do jogador, Ciclose é uma ilha escondida que deve ser desbloqueada completando uma missão. Devido a isso, ela não aparece no mapa.

Ilhas de NáufragosEditar

Artigo principal: Ilhas de Náufragos

Enquanto você explora o Arco, você pode encontrar mensagens em garrafas que contém mapas do tesouro que podem te levar para ilhas quem contém náufragos. As garrafas disponíveis dependem do dia, assim que uma garrafa for encontrada uma vez, ela vai estar visível todos os dias, a não ser que o mapa do tesouro correspondente esteja no banco ou na mochila do jogador.

Ilhas InexploradasEditar

Artigo principal: Ilhas Inexploradas

As ilhas inexploradas são ilhas que são geradas aleatoriamente e podem ser visitadas através do Mestre de provisões Gully. Essencialmente tudo nas ilhas é gerado de forma aleatória, incluindo:

  • Forma
  • Tipo de recursos presentes
  • Quantidade de recursos
  • Monstros presentes
  • Recompensas adicionais, como sinos extras ou arcas do tesouro

O único fator que pode ser influenciado pelo jogador é quantidade de recursos na ilha, sendo que viagens mais longas resultam em mais recursos, mas custam mais sinos:

  • Jornada curta: 0-1 recursos raros, custa 5 suprimentos
  • Expedição mediana: 2-3 recursos raros, custa 12 suprimentos
  • Viagem longa: 3-5 recursos raros, custa 20 suprimentos

Suprimentos podem ser comprados de Rosie no mercado de Waiko.

As ilhas podem ser reivindicadas uma por vez usando uma bandeira que permite que você visite sua ilha usando apenas 3 suprimentos. Ilhas não reivindicadas nunca podem ser visitadas novamente. Ilhas tomadas podem ser personalizadas comprando itens com Boni em Waiko.

RecursosEditar

O Arco possui inúmeros recursos principais, que podem ser vendidos em comerciantes locais pela moeda das ilhas, sinos, que são usados para comprar desbloqueios e melhorias.

Todos os recursos não são negociáveis. Cristalizar não pode ser usado em nenhum recurso do Arco.

O jogador precisa dos seguintes níveis para começar a coletar do Arco e obter sinos:

FrutinhasEditar

Artigo principal: O Arco/Frutinhas

Os Jogadores encontrar e plantar frutinhas de vários tipos no Arco. Arbustos de frutas podem ser plantados em Tuai Leit. Jogadores podem checar os estados das sementes na primeira página do Diário do Arco.


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória