FANDOM


Gnomo cabeça
Gnomos são uma das raças mais numerosas de Guilenor, diferente de seres humanos. Não os gnomos têm seu próprio império, mas eles também têm seus próprios alimentos, roupas, transporte(sendo criaturas sustentáveis), missões e minigames semi-populares. O império se localiza propriamente em Kandarin.


CaracterísticasEditar

FisionomiaEditar

Os gnomos tem baixa altura, com cerca de 0.6 a 1 metro de altura. São parecidos fisionomicamente com humanos e se vestem comumente em roupas e túnicas verdes, por vezes com chapéus. De várias formas se assemelham aos anões, embora diferentemente dos anões, eles raramente têm tanto pêlo facial quanto eles e possuem orelhas pontudas, similar aos elfos.

MilitarismoEditar

Apesar de sua natureza pacífica, gnomos também têm uma força militar bem treinada, capaz de fazer frente a muitos exércitos. Eles montam pássaros do terror e tartarugas de batalha para compensar sua baixa estatura durante conflitos militares. Eles também possuem habilidades máginas únicas em áreas como o ilusionismo, invisibilidade, magia de Guthix e da natureza, etc. A maioria dos gnomos, até mesmo civis, carregam arcos e alguns carregam equipamentos de metal no combate.

Cultura e tecnologiaEditar

Os gnomos são vistos como uma das raças mais inteligentes e têm um padrão de vida mais alto que muitas das demais. Geralmente amam a natureza, fazendo de suas casa o topo de árvores e vivendo em florestas. São uma raça bastante diplomática, mantendo alianças com muitas outras raças mortais tanto dentro quanto fora de Kandarin.

Comandante gnomo

Comandante Montai, do exército gnomo


Religião e dialetosEditar

Os gnomos de maneira geral são seguidores do deus do equilíbrio, Guthix. Há muitas evidências para comprovar isso: os magos gnomos fazem uso do feitiço Garras de Guthix em combate; Hazelmere, um dos indivíduos gnomos mais velhos, notáveis e importantes, menciona sua lealdade a Guthix; o fato de Hudo gritar "Grande Guthix!" quando lhe mostram pernas de sapo gigantes; as crianças gnomo que, quando se fala com elas, podem recitar uma oração a Guthix e pela crença dos gnomos de que Guthix teria criado sua raça juntamente com a dos anões como as primeiras raças, dentre outras evidências mais.

De acordo com Saradomin, "Da forma como eu entendo, os gnomos falam sua própria língua, ainda assim são fluentes na língua comum usada pelos humanos dentro do mundo, permitindo que a comunicação seja feita entre as raças." Sua língua é o Gnomo Antigo, falado ainda por alguns indivíduos como Hazelmere.

História dos GnomosEditar

Primeira Era Editar

Não se sabe ao certo como os Gnomos chegaram a Guilenor. Alguns creem que eles teriam sido criados por
Portal da vida

O Portal da Vida, uma das possíveis formas de chegada dos gnomos em Guilenor

Guthix, assim como os anões, na Primeira Era. É provável também que, assim como os humanos, eles tenham chegado aqui vindos de outra dimensão através de um dos portais criados por Guthix na Primeira Era entre outras dimensões para a chegada de novas raças: o Portal da Vida e o Portal do Mundo.

Segunda Era Editar

Na Segunda Era, os gnomos dividiam Guilenor com diversas outras raças como os anões, elfos, humanos, Mahjarrat, vampiros, demônios, dentre outras.

Embora não seja certeza, é quase certo que os gnomos faziam parte das raças adoradoras de Zaros e, portanto, não habitavam seu império, que no período englobava as regiões atuais de Asgarnia, Misthalin, Terras Selvagens, os desertos e o norte de Moritânia. Ainda assim, não há indícios de que os gnomos teriam sido inimigos de Zaros ou teriam entrado em guerra com ele.

Terceira Era Editar

Esta era é conhecida por causa dos Gnomos atacarem com grande força.

Ou seja, eles estavam mais fortes e com sua base reconstruída.

Quarta Era Editar

  • Diferentemente dos anões, porém hoje. Durante os anos aproximados de 200 e 500 da Quarta Era, porém, os gnomos foram caçados por tribos bárbaras de humanos e tiveram que recuar para assentamentos menores, como a Aldeia dos Gnomos Arborícolas.

Depois que os humanos começaram a se civilizar e formas assentamentos permanentes, eles reconstruíram a área da Grande Árvore. No meio da Quarta Era, os gnomos tiveram que batalhar contra as tribos de duendes por território, que haviam sido expulsos das Colinas Feldip pelos ogros e procuravam um novo local para habitar.  Os gnomos só possuem duas cidades, sendo estas o Forte dos Gnomos Arborícolas e a Aldeia dos Gnomos Arborícolas.

Há ainda uma lendária cidade escondida onde existe gnomos que ainda estão em sua terra natal.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória