FANDOM


Bandos
Deus Bandos
Símbolo
Símbolo de Bandos
Género Sem informação
Ideais Guerra, Supremacia
AKA Supremo Senhor Deus da Guerra
Raça Desconhecida
Classe de deus Antes de ser derrotado na Terceira Era: 3 e antes de morrer 4.
Cores Laranja, Castanho, Verde, Preto
Adjetivo Bandosiano
Bandos cabeça
Bandos, também conhecido como o Grande Supremo Deus da Guerra ou Deus Duende pelos duendes, foi o deus da guerra e a divindade de muitas das raças menos inteligentes de Guilenor, tais como os duendes, ogros, orks e raças extintas como os fayrg e os ourgs (exceto pelo General Graardor). Até recentemente, Bandos havia sido quase que completamente esquecido pelos humanos de Guilenor devido a sua retirada após as Guerras Divinas. Após seu retorno para a batalha com Armadyl, que resultou em sua morte, Bandos voltou á ser lembrado e admirado pelos seus seguidores.

Bandos e a Guerra dos DeusesEditar

Bandos foi um dos deuses mais ativos durante a Terceira Era, também conhecida como a era das Guerras Divinas. Ao que parece, Bandos teria chegado à Guilenor já durante a Terceira Era, atraído pela guerra.

Bandos parecia guerrear apenas pelo ato em si. Evidências apontam que ele enviava alguns de seus exércitos para batalhas onde eles não teriam nenhuma chance de sobrevivência apenas pelo prazer de vê-los batalhando. Sua afiliação estava sempre em mudança, seu único propósito sendo o de se deleitar sobre o banho de sangue que ameaçava destruir o mundo. Enquanto em alguns momentos ele lutava sozinho, sabe-se que ele já entrou em alianças com os outros deuses. Isso servia meramente como uma aliança estratégica para vencer certas batalhas, e assim que estas acabavam, ele rapidamente se voltava contra seus aliados. Um dos principais cenários de batalhas das forças leais a Bandos foi a Terra Selvagem, onde sabotavam as forças de Saradomin e Zamorak que lutavam contra o remanescente do império de Zaros ali.

De acordo com os sacerdotes duendes, ele teria tentado recrutar várias das raças do mundo para lutar por ele. Os anões, demônios e humanos recusaram todos, já que eles já estavam lutando em nome de outros deuses como Armadyl, Saradomin e Zamorak, dentre outros que participaram do conflito. Incapaz de reunir um número grande o suficiente para participar efetivamente da Guerra, trouxe raças de outras dimensões para se juntarem a seu exército, que por sua vez consistia exclusivamente de raças mais estúpidas e voltadas para a guerra.

O exército de Bandos faz parte das cinco facções combatentes na batalha da Masmorra das Guerras Divinas, que está sendo travada ainda hoje pela poderosa Espada Divina. Apesar de a Guerra ter acabado há mais de 4,000 anos, os combatentes da masmorra continuam batalhando, alheios ao fim da Guerra. Isso se deve ao fato deles terem sido congelados no fim da Terceira Era, tendo acordado recentemente, na Quinta Era. O exército de Bandos consiste majoritariamente de raças estúpidas e brutais.

Arte conceitual de Bandos

Arte conceitual do deus Bandos.

A tribo duende dos Dorgeshuun foi a primeira a desobedecer seu deus. Bandos ordenou aos Dorgeshuun que fossem a uma batalha onde não teriam chances de sobrevivência, condenando-os à extinção certa. Por causa disso, os duendes se recusaram a seguir suas ordens. Furioso, Bandos causou um terremoto que aprisionou os Dorgeshuun debaixo da terra. Entretanto, os engenhosos duendes cavaram nas cavernas e construíram no subterrâneo da atual cidade de Lumbridge sua capital, Dorgesh-Kaan, que existe até os dias de hoje.

Quando as Guerras Divinas chegaram a um fim e os Mandamentos de Guthix foram estabelecidos, Bandos abandona Guilenor. Hoje ele ainda tem um número grande e crescente de seguidores. Alguns duendes dizem que ele se foi para executar novos planos; outros dizem que ele fugiu porque estava com medo e não conseguia fazer alguns de seus seguidores lutarem.

O Retorno de BandosEditar

Sala do trono de bandos

A Sala do Trono de Bandos

Na missão A Comandante Escolhida, ocorrida na Quinta Era, Bandos tenta colocar em prática seu plano de conquistar RuneScape ao reaver sua autoridade sobre suas raças seguidoras e uni-las num poderoso exército. Seu objetivo era usar os duendes (a tribo Dorgeshuun em particular) como seus arautos e mensageiros. Ao usar os pacíficos Dorgeshuun para seus propósitos de guerra, ele tinha a intenção de puni-los por terem abandonado sua causa durante as Guerras Divinas. Entretanto, sua "Comandante Escolhida", a duende Dorgeshuun Zanik, se liberta de seu controle.

Com a ajuda de outros Dorgeshuun e do jogador durante a missão, ela lança um contra-ataque no deus da guerra e consegue destruir o colar que Bandos usava para exercer sua vontade sobre os duendes de RuneScape. Com o colar destruído e junto com ele boa parte dos poderes restantes de Bandos, parece improvável que o sanguinário deus consiga reaver suas forças para tentar um outro plano maligno num futuro próximo.

Os DuendesEditar

Duende cabeça 2
Bandos descobriu os duendes durante sua busca por novos seguidores para lutar por ele nas Guerras. Ele os achou em uma outra dimensão conhecida como Yu'biusk. Yu'biusk era
Yu'biusk

Yu'biusk, dimensão de origem dos duendes.

Yu'biusk 2

Yu'biusk hoje, destruída por Bandos.

grande e pantanoso, com cogumelos massivos e outras plantas estranhas cobrindo sua superfície; de maneira geral, era uma terra rica e fértil. Lá, as diversas tribos de duendes conviviam pacificamente.

Bandos forçou os duendes a virem com ele para Guilenor, treinando-os para a guerra e, no final, transformando-os da pacífica raça de antes em guerreiros brutais e violentos cujo único propósito era a guerra. Para prevenir que os duendes retornassem à sua dimensão de origem, Yu'biusk foi completamente destruída por Bandos. A terra, antes rica, está agora enegrecida, coberta em crateras e poças venenosas; completamente inabitável. Os duendes, que no tempo das Guerras eram muito mais fortes e numerosos do que são hoje, lutavam por Bandos em doze diferentes tribos:

  • Thorobshuun, a tribo dos Duendes das Colinas;
  • Garagorshuun, a tribo dos Duendes do Mar;
  • Rekeshuun, a tribo dos Duendes do Norte
  • Drogokishuun, os Duendes das Lâminas Temíveis;
  • Huzamogaarb, os Comedores de Carne-Viva do Deus do Caos;
  • Saragorgak, os soldados da Ira Sagrada;
  • Ekeleshuun, os Duendes do Leste;
  • Idithuun, os Duendes do Sul;
  • Narogoshuun, os Duendes do Oeste;
    Zanik

    Zanik, uma Dorgeshuun

  • Dorgeshuun, os Duendes caça-humano;
  • Horogothgar, os Comedores de Carne Humana;
  • Yurkolgokh, os Flatulentos.

As tribos o serviam inquestionavelmente. Bandos fez uso de seus duendes com desperdício, enviando-os a batalhas que eles não tinham chances de sobrevivência apenas por diversão. Hoje muitas das tribos foram totalmente extinguidas.

Uma tribo, a dos Dorgeshuun, percebeu que eles seriam forçados à extinção se continuassem seguindo seu deus. Por isso, fugiram para debaixo da terra, abaixo dos pântanos próximo do rio Lum, se escondendo com medo de Bandos. Furioso, Bandos causou um terremoto selando o caminho para a superfície com o intuito de destruí-los. Entretanto, ao longo de vários séculos, os Dorgeshuun se adaptaram à vida pacífica do subterrâneo e fundaram sua capital, a cidade de Dorgesh-Kaan. Os Dorgeshuun agora se opoem a todas as formas de violência e estão entre as raças mais pacíficas de Guilenor.

Conforme as eras passaram, muitas das tribos de duendes foram exterminados ou se combinaram para sobreviver. Muitos até esqueceram os nomes das tribos a que faziam parte. Os duendes de hoje ainda são semelhantes a seus ancestrais, embora sua forças tenha diminuído bastante e sua violência tenha reduzido um pouco. Alguns começam até a se fixar em assentamentos permanentes e formam pequenas civilizações, como a Vila Duende próxima de Taverley.

Os ogrosEditar

OgroNPC
Sabe-se que os ogros eram fiéis a Bandos; evidências disto incluem a presença de ogros no exército de Bandos da Masmorra das Guerras Divinas e a presença de uma piscina de lama no spa de Oo'glog que se chama "piscina de Bandos", dentre outras. Apesar disso, pouco se sabe sobre o envolvimento de Bandos com os ogros. Acredita-se que foi Bandos quem liderou os ogros durante a Terceira Era até as Colinas Feldip, onde conquistaram o território e posteriormente fundaram as cidades de Gu'tanoth e Oo'glog. Em algum ponto, os ogros de Gu'tanoth escravizaram os Skavid, uma pequena raça pacífica.

ReligiãoEditar

A religião de Bandos valoriza a guerra, a força e a obediência a Bandos. Seus seguidores devem seguir estritamente seus mandamentos, que foram criados durante uma batalha dos duendes. Os mandamentos são:

  • Não correr da batalha. Covardes devem morrer!
  • Não mostrar piedade. Piedosos devem morrer!
  • Não duvidar do Grande Supremo Deus da Guerra. Duvidosos devem morrer!
  • Não fazer próprios planos. Pensadores devem morrer!

MorteEditar

Bandos foi morto no ano 1 da Sexta Era, com o término da batalha contra o deus Armadyl; ele foi atingido por uma onda ou cometa gigantesco de energia divina, que o decaptou no processo. A cabeça de Bandos já semi-petrificada (processo que ocorre aos deuses que morrem) foi ainda esmagada pelo oponente Armadyl, com a própria clava de Bandos que foi resgatada dos escombros.

Os seguidores de Bandos mostraram indiferença quando á sua morte, dizendo que esperam que ele seja sucedido por um novo Grande Senhor da Guerra. Para eles, a ideologia de Armadyl estava certa e ele se provou mais forte e automaticamente sucedeu Bandos.

SeguidoresEditar

Bandos tem um dos maiores números de seguidores em todo o RuneScape. A larga maioria de seus seguidores são retratados como sendo seres de pouca inteligência, feios e brutos. É principalmente a sua estupidez, seus números dispersos e desorganização que os impedem de causar muitos problemas ao resto do mundo. Antes de recrutar os duendes, Bandos tentou recrutar os anões e demônios, mas não obteve sucesso. Sua lista de seguidores inclui:

Estes são alguns possíveis seguidores de Bandos:

Ver tambémEditar


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória